Definindo o indefinível
terça-feira 23 de agosto de 2016 às 17:38 | Arquivado em: Cultura, Hidden Thoughts, O Estudo sobre o Amor

Exibindo large.jpg

É tomar mertiolate, pra curar o ralado do coração. Passar batom vermelho, soltar o cabelo e dançar ao som do vento e sentir-se livre. São aqueles que iluminam seus dias que brilham mais que o sol e que arrancam coisas boas de seu coração e pensamento. Sãos os beijos e os abraços apertados, são os gestos inesperados de carinho. As palavras doces ou amargas, que fazem sorrir ou chorar, mas que são por nós e para nós, com atenção e cuidado. São três pássaros tatuados nas costas de alguém e nomes que tem significado. É aquele rosto amassado, com os olhos remelentos e o bafo de onça que te encara no espelho, que pode matar como narciso ou refletir a alma. É o conhecimento sobre aquilo que não sabemos e ficamos a divagar de madrugada. É aquilo que faz nossos olhos brilharem, nossas cores todas vibrarem e acenderem e nos transformar em uma tela de descanso do Windows. São todos os clichês, com tudo o que é inesperado. Somos nós, por nós mesmos. São os vários tipos, que são tantos e não entendemos nem a metade.

Escrito por Luiza Luna

Exibindo IMG-20160729-WA0001.jpg

O Estudo sobre o Amor!

Comentários
Tags: , ,




Le amour
quinta-feira 18 de agosto de 2016 às 17:29 | Arquivado em: Cultura, Hidden Thoughts, O Estudo sobre o Amor
Exibindo a2bb12eb8fb713a4fb5e6397a0451614.jpg
Le amour
Cheiro de terra molhada
Vapor d’água acumulado nas vidraças
Em meio às tempestades
Aroma de café recém coado.
As cobertas, travesseiros
O calor que se espalha abafado
Em sussurros e afagos
Dois corpos se unindo em um só.
Colo, abraço apertado
Riso despreocupado
Cumplicidade, motivação.
Refúgio do caos
Ou a razão para enfrentá-lo.
Escrito por Lavínia Aguiar;
Exibindo Snapchat-2744447054342083049.jpg
O Estudo sobre o Amor!
Comentários
Tags: , ,




O que fazer quando não consigo mais caber em mim?
quarta-feira 17 de agosto de 2016 às 17:45 | Arquivado em: Cultura, Hidden Thoughts, O Estudo sobre o Amor

O que fazer quando não consigo mais caber em mim?

Me encaixo em ti

Faço da sua

Minha morada

Te abarco em mim também

E nesse quebra-cabeça

Perco a minha

Escrito por Fernanda Lima Diniz;

 

O estudo sobre o amor!

Comentários
Tags: , ,




Ciclo Vicioso
terça-feira 16 de agosto de 2016 às 21:03 | Arquivado em: Cultura, Hidden Thoughts

"Para se definir: conceda a si mesmo todas as possibilidades de ser, mude caminhos quantas vezes achar necessário." Alejandro Jodorowsky:

Me pego olhando para o celular estática esperando alguma mensagem talvez. Abro minhas redes sociais e nada de novo. Nenhuma notificação ou solicitações de amizade. Bloqueio a tela e olho para o teto. Chego a me questionar profundamente e ver o que posso ter feito de errado, e depois de muito pensar a minha conclusão é: não fiz nada.

Pego o celular novamente e repito o ciclo de novo, rigorosamente. Ora, poderia haver algo agora, certo? Errado! Então me questiono de novo. Serei eu desprezível? Falho em comunicação? Ruim de papo?

Isso não seria possível, porque quando precisam de mim eu estou aqui, pelo menos valho alguma coisa. Mas não quero ser assim, usada quando precisam de mim e descartada logo em seguida. Mereço algum valor.

Então tentando enganar a fluidez de meus pensamentos vou assistir algum seriado. Distrair a mente, rir um pouco, desprezar o fato de que a casa está vazia. Eu e a dramaturgia criando cenas e possíveis sonhos e acontecimentos, desviar aquela ansiedade que sinto.

Enjoando da mesma rotina, procuro fazer outras coisas, pintar, colorir, desenhar, cantar, tudo para uma tentativa de distração. Olho pro espelho, pratico a “sorrisoterapia”, converso sozinha. Bom que o tempo passa rápido.

Tento então a meditação, quero me conhecer melhor, fazer boas escolhas, me desprender. Assim, aprendi que posso contar comigo mesmo, descobrir novos caminhos, me amar, sou minha melhor companhia apesar de tudo.

Sigo com minha melhor amiga, eu mesma, na busca por dias melhores! Agora sim posso ser quem sou e me orgulhar disso.

Depois de muito refletir sobre o verdadeiro valor da humanidade, convido vocês a lerem um pouco a experiência e o ponto de vista sobre o amor de diversas pessoas, nos posts seguintes.

Belli Burton

 

Comentários
Tags:




Catarse: Da risada intensa às lágrimas solitárias
segunda-feira 25 de julho de 2016 às 13:33 | Arquivado em: Hidden Thoughts

Razão de viver.... : Fotografia:

Quando estamos com algum tipo de sentimento bem à mostra ou queremos mudar de humor e tentar disfarçar, sempre optamos por assistir algum filme, série, ou até mesmo ler um livro, afim de que isso passe rápido. Mas há tempos me pergunto e respostas aparecem para mim. Porque nenhuma dessas opções é sentir por inteiro esse sentimento? Seja ele alegria ou tristeza. Porque quando estamos tristes assistimos filmes dramáticos enquanto comemos porcarias e pedimos ao mundo que não nos ajude, quando o que nós realmente queremos é que nos tirem do fundo do poço?

Podemos até nos referir a vida como injusta, mas até que ponto estaremos certos? Não seria melhor agradecer o universo pelos bons momentos? Pela bela vista a sua frente ou até mesmo os maus momentos, mas que nos fizeram enxergar além para que tudo pudesse se tornar algo maravilhoso e inesperado?

Precisamos sentir para que a resposta apareça para nós. Não se culpe, não se rebaixe, apenas deixe que tudo clareie em sua mente. Medite para uma compreensão e deixe tudo passar com seu tempo, quando menos esperarmos tudo se esclarecerá. Como aquele velho ditado “A vida é uma caixinha de surpresas” e nunca saberemos o que vai nos acontecer, mas enquanto isso, seja grato. A gratidão não tem preço pelo qual precisamos pagar, mas nos extasia de uma forma maravilhosa e pode ter certeza que algo muito bom acontecerá em nossas vidas se simplesmente não nos cobrarmos e deixa-la fluir.

Chore, grite, ria, cante, leia, abrace, beije, ame, mas nunca se esqueça, se ame em primeiro lugar!

The Heart Never Lies

Some people laugh

Some people cry

Some people live

Some people die

Some people run

Right into the fire

Some people hide

Their every desire


But we are the lovers

If you don’t believe me

Then just look into my eyes

‘cause the heart never lies


Some people fight

Some people fall

Others pretend

They don’t care at all


If you want to fight

I’ll stand right beside you

The day that you fall

I’ll be right behind you


To pick up the pieces

If you don’t believe me

Just look into my eyes

‘cause the heart never lies


Whoa x2


Another year over

And we’re still together

It’s not always easy

But I’m here forever


Yeah we are the lovers

I know you believe me

When you look into my eyes

Because the heart never lies

‘cause the heart never lies

Because the heart never lies

Não podemos desistir, somos mais especias do que imaginamos.

O Fim De Tempo.:

By Belli Burton

Comentários
Tags:




Dias intensos
sexta-feira 8 de julho de 2016 às 15:28 | Arquivado em: Hidden Thoughts, Poemas

Quando precisamos encontrar a felicidade,

basta deitar a cabeça no travesseiro.

Mas para e pensa,

você só é feliz quando dorme? Em seus sonhos?

Porque não muda isso ai?

Acorde bem disposto, porque hoje o dia está maravilhoso!

One year may seem like a long time, but these are activities you will truly enjoy. We made them easy so that accomplishing a long-term goal will be a piece of cake.:

Está um belo dia para não ter que pensar em tese Hey, you! Yes, you! Have a fantastic day, keep smiling! 01092015:

Comentários

Tags:




E agora, o que eu faço?
quarta-feira 22 de junho de 2016 às 13:05 | Arquivado em: Hidden Thoughts

STUDY HARD:

Vivemos em um mundo onde para ser reconhecido é preciso um diploma. Mas não basta apenas o diploma, é preciso continuar a estudar, cursar o mestrado e o doutorado para muitas pessoas “reconhecerem” a gente.

Se não entramos de cara em uma faculdade, nos olham diferente de quem passou de primeira. Bate então aquele desanimo de começar tudo de novo, fazer cursinho estudar muito, diminuir a vida social. Para que? Para chegar no fim do ano e fazer uma prova que mede sua resistência, porque convenhamos, uma prova de 180 questões dividida em dois dias de 90 questões cada e uma redação, te ganha pelo cansaço e não pelo conhecimento. Quem consegue lembrar tudo o que estudou até então sem ficar cansado, bloqueado, tonto e em branco?

A ideia é boa a partir do momento em que vemos a realidade da educação do país, em que a maioria da população sequer pega um livro para estudar por livre e espontânea vontade. É uma prova para forçar as pessoas a estudarem. Mas a realidade é outra, o que vemos muitas vezes, são chutes em questões e o menor sentido de estarem ali das pessoas.

O que muitos querem, é aproveitar a vida, não ligar para o futuro e com o incentivo do nosso governo perante a educação,  é o que acontece. Gente que não liga a mínima para esse assunto e só vai a escola por obrigação, colam nas provas e passam no final do ano. Mas para quê tudo isso se não cresce um adulto consciente e recheado de cultura?

Perante essa situação o que nos resta é quem se importa com o futuro estudar, tentar e tentar, pois mesmo se tiver um nível de inteligencia alto, uma ansiedade pode te derrubar.

O texto é confuso, mas é base para refletir diversos tipos de situações que acontecem em nosso cotidiano e se você é um dos que continuará a tentar assim como eu, só venho a desejar o melhor!

STUDY METHODS (PART II) - if you know some other study methods, PLEASE LET ME KNOW! that way i could make a third Study methods post! (I already know some, but they are not enough for a third part) As always, excuse my english if necessary. Encuentra esta misma imagen en español aquí NEXT POST: daily planning printables!OTHER POSTS: • Study methods part 1 here • My study system here:

2 comentários
Tags:




Pessoas que controlam nossa vida
sexta-feira 17 de junho de 2016 às 20:44 | Arquivado em: Hidden Thoughts

Ballerina:

Depois de ler um texto no blog Carpe Diem, me veio em mente um tema parecido, onde a sociedade tende a  controlar a nossa vida.
Há algum tempo eu comecei a praticar o ballet,  para quebrar um pouco da minha rotina corrida e liberar as energias acumuladas de uma semana estressante. Mas sempre que conto as pessoas dessa prática,  muitas me julgam dizendo: “Nossa, você faz ballet?  Não está muito velha para isso?” “Não tem cara de que gosta de dançar, ainda mais isso!” “Ballet é coisa de menina pequena”.
Espere um pouco, só porque eu tenho 18 anos não posso fazer? É claro que existem dificuldades,  mas se é algo que eu quero e me sinto bem, não vou deixar de fazê-lo por opiniões de fora.

100% ART:

Façam o que tiverem vontade, não baixe a cabeça e desista de primeira. A vida é mais bonita quando realizamos os desejos que nos fazem felizes sem esperarmos algo em troca.

Apenas divirta-se e seja grata(o) pela oportunidade que o universo nos ofereceu.

Para você que leu esse post pequeno mas com mensagem de coração, Namastê!

Rosamaria G Frangini | Dance Dance Ballet | Ballerina's Bed:

 

2 comentários
Tags:




Meu cantinho preferido!
terça-feira 24 de maio de 2016 às 20:40 | Arquivado em: Organização

Sabe aqueles dias em que entra no quarto e bate aquele desânimo? É o que eu tentarei resolver hoje, dando algumas ideias para organizar e decorar seu cantinho de um jeito que não vai mais querer sair dele!

diy guitar decoration budget friendly home decor #homedecor #decor #diy:

Algumas ideias são fáceis e baratas para deixar o ambiente mais aconchegante.

Bohemian Dressing Room:

Estantes são sempre uma boa opção para guardar aqueles objetos que ficam espalhados pelo quarto. Essas são feitas com caixa de feira, que com uma boa arrumada ficam um charme.

quarto:

Prateleiras de livros também dão um toque especial no seu cantinho, pois além de organizar vira a própria decoração.

hippie bedroom:

Se você gosta de almofadas como eu, não deixe de te-las no quarto para marcar sua personalidade e deitar confortavelmente.

 :

Se tem pouco espaço, não se preocupe! Você pode fazer uma cama com pallets, que também servirá como estante.

Step ladder as bedside table.:

Reutilizar objetos que seriam descartados fazem valorizar ainda mais sua criatividade.

Agora algumas fotos aleatórias para aflorar a sua imaginação.

Decoração:

Criado-mudo feito com blocos de concreto. Todos os espaços são úteis, podendo guardar vários pequenos objetos. Você ainda pode pintar os blocos na cor que quiser, personalizando ainda mais o projeto.:

crate:

banco no fim da cama:

A parede mais bonitona  #decor #pequeninavanilla #boniteza:

Na minha casa terá!:

 :

Lovely bed storage for kid or adult rooms. Detailed instructions:

-How Things Have Changed In The Past Ten Years- When I was five my bed was on pallets like this, and I thought it looked pretty damn cool (we had it like that since we couldn't and still can't afford a bed), but I got made fun of saying it was ugly and I was poor... Now I see this and people are like 'that is so cool!' and it IS cool, but SERIOUSLY?!?!?!:

 :

| For more cute room decor ideas, visit our Pinterest Board: https://www.pinterest.com/makerskit/diy-tumblr-room-decor/:

Quadro avisos:

*・☪·̩͙ ·˖✶үσυ αяε мү gεт αωαү, үσυ αяε мү ғαvσяιтε ρℓαcε *・☪·̩͙·˖✶:

 

Se gostou desse post, deixe seu comentário, quem sabe eu volto com mais dicas assim!?

Até mais,

Belli Burton

 

 

 

2 comentários
Tags:




Apesar de tudo, o que eu diria sobre persistir
domingo 22 de maio de 2016 às 14:48 | Arquivado em: Hidden Thoughts

Imagem de hippie

Depois de tanto tempo venho lhes dizer que não desisti!

A vida anda tão corrida que a cada pensamento negativo pode haver um desequilíbrio. Entre mil coisas a fazer, trabalho, estudos, onde está a diversão? Essa se encontra nas risadas descontraídas e risos sem motivo em horas inesperadas. Ora, temos que respirar um pouco, sim!

Chego a pensar que o tempo é o que falta, mas se refletirmos, podemos faze-lo render. Passei por um período de mudanças em minha vida, mas boas mudanças, as que fazem crescer e olhar para trás pensando que tudo aconteceu porque é o que deveria ter acontecido. Nós temos escolhas e mediante isso o que decidimos é o que trilhamos a nós mesmos. Onde se encontra o tempo quanto a isso? Ele é só a ligação entre decisões que tomamos. Se decidirmos fazer algo em nossas vidas que demanda mais paciência o tempo é mais utilizado, se precisamos fazer várias coisas ao mesmo tempo, esse precisa ser trabalhado.

Mas não se engane, tudo que almejamos pode acontecer se não desistirmos, mas sim se persistirmos. Tudo acontece, mas precisamos dar tempo ao tempo, para que o universo absorva nossas energias e concretize o que queremos. Não adianta ansiedade, pois essa só atrapalha. Vamos nos manter focados e bem consigo mesmos, para canalizarmos tudo aquilo de bom que a vida tem a nos oferecer. Sabe aquela pessoa nervosa que costumávamos ser? Não seremos mais. E aquela pessoa sem sentimentos positivos? Largue ela para lá. O que nos faz bem é a risada, a positividade. A alegria sem motivo é a mais duradora como diria Osho. Não digo que essa mudança acontece de um dia para o outro, mas ao acordar todos os dias e agradecer a tudo e pensar que o dia vai ser ótimo, é porque vai ser. Somos nós quem decidimos como queremos estar, se estamos felizes é assim que vamos estar, mas se escolhermos ser negativos e tristes as consequências aparecem com esse sentimento.

Imagem de car, travel, and vintage

Pense, reflita tudo o que acontece em seu dia a dia. Queira o melhor, mantenha a cabeça erguida e tudo que quiser vai se tornar realidade.

Sabe aquela vida dos sonhos? Nós já temos, pois nós decidimos o melhor para nós. Não desista de você, assim como eu não desisti de mim! Seja quem é independente do outros queiram que seja. E assim me despeço.

Para você que chegou a essa parte do texto, gratidão!

4 comentários
Tags: