precisamos conversar
sexta-feira 25 de agosto de 2017 às 14:22 | Arquivado em: Hidden Thoughts, Música, What Watch

Ultimamente venho ouvindo muitas pessoas reclamando de alguns estilos musicais sem mesmo sequer saber a origem dele, ou seja, sem ter nenhum conhecimento prévio para formar uma opinião para início de uma conversa.

Sabemos que não somos obrigados a ouvir o que todos escutam, mas também não temos direito de menosprezar qualquer um deles, e sim respeitar o gosto de qualquer um.

Por muito tempo tive vergonha de falar com as pessoas o meu gosto musical, que muitas vezes é criticado por muita gente do meu meio de convívio. Um exemplo disso é: se eu falo que gosto de rock, é de uma forma geral, envolvendo todos os derivados nele contido. Mas o que as pessoas fazem? Acha que eu só escuto isso, que eu sou estranha, que não entendem o que eles cantam. Então quando digo que gosto de jazz, samba, mpb, blues, indie e diversos outros estilos, não acreditam.

Agora me diga: O que você ganha rotulando as pessoas? Não podemos curtir sem agredir?

Eu não gosto de muita letra que ouço atualmente na minha língua, como o sertanejo ou funk, mas eu não sou capaz de julgar quem escuta ou quem canta, porque todos nós temos gostos diferentes e vivências diferentes, então eu vou respeitar o espaço de cada um. Por isso quando saio e está tocando, não há nada que eu possa fazer além de escutar e continuar a viver.

Agora que já falei um pouco sobre isso vamos falar sobre outro preconceito.

Estávamos falando sobre um bar de rock que seria inaugurado e uma pessoa fez o seguinte comentário: “Mas colocando um postar da Amy Winehouse na porta traz uma apologia à drogas”.

Fui a loucura! O fato dela ter usado drogas não inibe a grande artista que já foi um dia, se ela está ali é uma homenagem. Então eis que surge mais um comentário: “Não existe uma justificativa para usar drogas”. Diante disso, prefiro ficar na minha e não discutir com alguém que não se abre para outros pontos de vista, logo, mudo de assunto.

Quando vamos começar a ter um pouco de empatia e entender o que aconteceu com ela ou com diversos outros artistas e porque levavam esse estilo de vida? Mesmo vendo o que aconteceu, não temos nem um pouco de noção do que ela passou. Sim, foi errado e também muito delicado o que ela fez, mas diante de tanta pressão sofrida começamos a entender o porque.

Convido vocês a verem o documentário disponível na Netflix sobre ela e assim comentar sobre esse tema. Ela foi um cantora e compositora excelente e não podemos menosprezar isso pelo estilo de vida que ela levou, e sim pensar como perdemos uma pessoa tão talentosa.

Mas a última coisa antes de me despedir, quem somos nós para julgarmos uns aos outros?!

Com amor,

Belli Burton

 

2 comentários
Tags: , ,




 Joss Stone
quinta-feira 29 de junho de 2017 às 16:06 | Arquivado em: Música, Playlist

Sabe aqueles dias que alguém te pergunta quais músicas você curte e você simplesmente começa a ficar nervoso e dá aquele braco?

Pois bem, hoje eu resolvi fazer um post sobre cantores e bandas que eu gosto e falar algumas curiosidades sobre eles. Esse estilo de post será dividido em vários, para que eu possa compartilhar mais informações e não ficar tão longo.

Ultimamente muitas pessoas buscam por coisas novas, músicas, estilos, estão sempre mudando. Eu como uma admiradora de músicas e seu universo criativo, vou apresentar um pouquinho do que as vezes mostro à algumas pessoas.

Para começar uma pessoa que eu admiro muito, além da voz incrível, folego impressionante essa mulher maravilhosa me passa uma emoção e energia muito boas.

  • Joscelyn Eve Stoker mais conhecida como Joss Stone é uma cantora e compositora inglesa.
  • Define seu estilo musical como soul, rhythm and blues, pop, blues, funk e jazz.
  • Seu primeiro álbum foi lançado em 2003 – The Soul Sessions
  • Em 2014 começou um projeto chamado The Total World Tour, onde ela canta com diversas pessoas de diferentes culturas, o mais impressionante é que mesmo não falando a língua local consegue aprender as letras e fazer uma performance incrível.
  • Um dos primeiros lugares dessa turnê foi o Brasil.

Joss Stone: “My mission is to explore and understand the universal language of music in every country on the planet. The tour will be tiring and tough and I know at times very emotional but it will be a truly amazing journey and of discovery and one hell of a ride.”

Separei algumas das músicas que eu mais gostei desse projeto.

Joss Stone in Burkina Faso doing a collaboration with Bil Aka Kora.#JSTWT

Joss Stone in Armenia doing a collaboration with Gata Band

Joss Stone in Malaysia doing a collaboration with an artist called Izzi

Joss Stone in The Republic of Congo doing a collaboration with Fanie Fayre #JSTWT

Joss Stone in Gabon doing a collaboration with Queen Koumb .#JSTWT

Joss Stone in Timor-Leste doing a collaboration with Edson.#JSTWT

Joss Stone in Cambodia doing a collaboration with Nikki Nikki .#JSTWT

Espero que gostem e vejam mais vídeos maravilhosos do The Total World Tour.

 

Belli Burton

 

Comentários
Tags: ,




Feche os olhos e sinta
sexta-feira 26 de maio de 2017 às 17:04 | Arquivado em: Música, Playlist

Casa de Colorir

Deito em minha cama, apago as luzes.
Agora meu companheiro é o fone de ouvido.
Coloco uma música e viajo no ritmo que me envolve, faz minha alma saltitar.
A cada pulso uma satisfação.
A cada inspiração, um sentimento.
A cada expiração uma esperança.
Me sinto em outra dimensão, repleta de coisas boas.
Uma emoção sem explicação.
Minha conexão com o universo se torna mais intensa.
Estou completa!
Playlist
Clique na foto:

Chris Cornell oct 1990 Soundgarden live - Nothingman
Chris.....be still my heart....his eyes cut right through me.
Imagine Dragons Believer lyrics pain you made me a believer
When someone sends you a link to Flume - Never be like you - Visit Amy FM | www.amyfm.
Dom, Matt and Chris #MUSE
Belli Burton
Comentários
Tags: ,




A TEXTURA DA VIDA | CAPÍTULO 1
sexta-feira 12 de maio de 2017 às 13:02 | Arquivado em: Hidden Thoughts

CAPÍTULO 1.

Tudo parecia normal. Os mesmos rostos, conversas que distraiam, mesma rotina. Até que veio as férias e tudo mudou. Nunca mais foi a mesma coisa, não consigo mais me encaixar, mesmo rodeada de pessoas estou só, não converso, apenas fico presa pensando quando vou me sentir mais a vontade novamente. Um ano se passou e ainda não me encontro, fico presa entre quatro paredes e um computador, telefonemas, problemas, todo dia o mesmo ritual.
Não sinto mais a vontade que tinha de fazer as coisas que gosto, pareço perdida.
Então quando menos se espera acontece algo que me atinge de jeito.
Sou positiva, quero ser o melhor para mim, me descobrir e quando fechar os olhos me sentir bem.

 

Belli Burton

Comentários
Tags:




Dia 1: Entrando no mato – Complete
segunda-feira 1 de maio de 2017 às 01:28 | Arquivado em: Look do Dia, Lookbook

Saindo um pouco da toca e indo explorar o mundinho perto de mim!

Fotos: Luiza Luna 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários
Tags: ,




ESPELHO
terça-feira 21 de março de 2017 às 15:58 | Arquivado em: Hidden Thoughts, Poemas

Mirror:

Me olho no espelho e me encaro profundamente.

Sinto cada detalhe do meu rosto, as curvas, o sorriso, os olhos.

Como me sinto bem em ser quem sou, tanto na aparência quanto na alma.

Me amo mais a cada dia, pois percebi e aceitei que a pessoa mais importante para mim sou eu mesma.

Belli Burton

Comentários
Tags: ,




2 anos
segunda-feira 20 de março de 2017 às 13:56 | Arquivado em: Gratidão, Hidden Thoughts

st. ART Start:

Há exatamente 2 anos atrás esse blog nasceu e eu nunca tive a oportunidade de agradecer por ele, ou pelo menos nunca lembrei disso. É engraçado observar essas coisas e pensar como o tempo passa rápido e como eu ainda consegui deixa-lo no ar apesar de ter pensado de desistir várias vezes. Mas ele é meu companheiro além de tudo. Sempre que preciso desabafar ou contar alguma coisa ele está aqui e então fico feliz por ter esse mecanismo tão legal ao meu lado.

Já passei por uma série de crises de inspirações e o deixei de lado. Mas eu quero mudar isso, porque não adianta todo meu esforço investindo tempo, criatividade, dinheiro pra nada.

Mas hoje eu vim deixar meu agradecimento a todos que me acompanham e me procuram para falar que se identificaram com algo que eu escrevi, que eu os ajudei, as minhas amigas que sempre me apoiam e fazem de tudo para que eu não desista pois sabem o quão difícil foi chegar até aqui, mesmo que não seja um blog tão visitado, minha eterna gratidão, do fundo do meu coração.

Belli Burton

 

2 comentários
Tags: ,




O estudo sobre o Amor
segunda-feira 6 de fevereiro de 2017 às 17:22 | Arquivado em: Hidden Thoughts, O Estudo sobre o Amor

“But if she says, ‘I love you,’ and I say, ‘I know,’ it’s beautiful and it’s acceptable and it’s funny,” he pleaded. “The point is, I’m not worried about myself anymore; I’m worried about her.” Harrison Ford about the “I know” line in Episode V: The Empir:

ESCUTE ENQUANTO LÊ – Janis Joplin – Summertime

Janis Joplin – Maybe

Janis Joplin – Kozmic Blues.

Por algum tempo venho pensando em fazer um estudo sobre o amor, então pedi algumas pessoas que escrevessem sobre o amor, o que significa para elas, como ele se retrata em sua vida e outras questões. Todos nós sabemos que o amor se encaixa em várias momentos, sejam eles com amigos, família, lugar, parceiros, entre outros. Mas o que me chamou atenção nos textos em que me mandaram foi, em sua maioria, sobre o amor entre duas pessoas, casais. Então meu primeiro texto se retratará sobre esse assunto.

Eu pouco sei sobre essa palavra tão complexa que é o amor, mas sei que ela abrange uma multidão de sentimentos que muitas vezes não podemos controlar. Temo também que esse gesto que é amar esteja um pouco falho nesses dias em que nos encontramos em uma sociedade em constante praga biológica. Entramos muitas vezes em relacionamentos só por entrar, pelo status e nos esquecemos da entrega. Porque não falar para alguém que gosta que quer ficar junto pelo menos enquanto dure. As pessoas estão cada vez com mais medo de admitir um relacionamento ou acobertam um sentimento por medo da rejeição.

Tenho certeza de que admitir para alguém que gosta dela não vai haver rejeição, mas se acontecer é porque não era pra ser. A vida é assim, por mais que não dê certo com alguém o universo aparece com outro alguém, até que ele perceba que um veio para ficar. Precisamos lembrar que sem a entrega e com a insegurança acabamos fazendo burradas por aí e quando percebemos que poderíamos ter evitado pode ser tarde. Mas saiba que se a pessoa certa se afastou, o universo a colocará de volta em seu caminho e você passará pela fase de amadurecimento e verá que aquela burrada passada serviu como aprendizado.

Temos que lembrar que acima do amor que sentimos pelo próximo, existe o amor próprio e ele sim nos ajudará a seguir nossos instintos e na direção certa.

O mundo precisa de amor, compaixão, gentileza, educação e tantas coisas que se perdem no meio do caminho junto a esperança. Não deixe de falar para a pessoa que gosta os seus verdadeiros sentimentos e nem de se entregar, porque aquele frio na barriga que sentimos quando estamos com alguém faz um bem para a alma, além de ficarmos mais felizes nos dias que se passam e com o próximo. Mas não se esqueça a gente primeiro e depois o outro. Vamos nos libertar desse padrão que é o medo do futuro e vamos viver o presente. Vamos viver o agora e deixar o que vem para o universo, que ele sim sabe o que fazer.

Bom, uma leiga que sou nesse assunto, quis abordar o que percebo em nossa geração que é o medo de amar pela insegurança e o não conhecimento sobre o próprio ser e a essência.

Deixe o seu coração te guiar e sinta a energia do momento.

Com amor, Belli Burton

 

 

Comentários
Tags: ,




Álbuns que me deixam bem
quarta-feira 18 de janeiro de 2017 às 18:23 | Arquivado em: Música, Playlist

the sink of blood and crushed veener.:

Naqueles dias em que não me sinto tão bem, gosto de colocar músicas que me deixam mais animada. A música consegue me compreender ao ponto de me fazer bem melhor.

Dessa forma, hoje selecionei alguns álbuns que me deixam bem.

ALABAMA SHAKES – SOUND & COLOR

EDDIE VEDDER – INTO THE WILD

SALA ESPECIAL – CASA MOXEI

CAGE THE ELEPHANT – TELL ME I’M PRETTY

ALT J – AN AWESOME WAVE

 

Existem muito mais álbuns, mas não consegui pensar em todos. Em outros posts posso coloca-los na lista também.

 

Belli Burton

Comentários
Tags:




Não é apenas mais um ano
quinta-feira 5 de janeiro de 2017 às 16:24 | Arquivado em: Hidden Thoughts

Color Mind agora é Terapia da Cor.  Revista de Colorir Anti-Stress, com dezenas de encantadoras ilustrações, desde belos motivos florais, mandalas, a desenhos abstratos e geométricos.  Mais pequena e leve que um livro, com papel de alta qualidade para pintar com os mais diversos materiais. Novo preço por apenas 2,95€. Terapia da Cor é uma edição especial, relaxante e inspiradora.  Mais informação em www.revistasdepassatempos.pt ou www.facebook.com/mtcedicoes:

Um ano novo se inicia e nele as expectativas para um recomeço, talvez, ou até mesmo esperança de alcançar mais objetivos que algum dia me lancei. Mas só posso dizer que meus dias estão cada vez melhores, aceito mais minha realidade e vivo cada instante intensamente, como nunca havia vivido antes. Agora sei que tudo tem seu tempo e que se quero algo, fico na calmaria, tudo vai se realizar, eu só preciso acreditar fielmente no que quero e em mim mesma.  Não sei do futuro, mas sei que esse ano será grande pra mim e os primeiros dias de 2017 já me conquistaram.

Bom ano à todos!

Com leveza, Belli Burton

2 comentários
Tags: