O amor pra mim
quinta-feira 1 de setembro de 2016 às 20:13 | Arquivado em: Cultura, Hidden Thoughts, O Estudo sobre o Amor

Pôsteres e imagens para quadros – baixe aqui | http://nathaliakalil.com.br/posteres-e-imagens-para-quadros/:

Nem que eu lesse todo um dicionário conseguiria dizer o que é o amor.

Bom, pelo menos eu nunca vi nenhuma palavra que traduzisse ou chegasse perto do

significado desse sentimento. Acontece que o amor é uma coisa muito volátil. Na mesma hora

em que se ama, se pode também odiar. É um dos sentimentos mais mutáveis que possa existir.

Talvez a explicação seja de que o amor se divide em muitas categorias, como por exemplo:

existe o amor de mãe, de filho, de amigos, de namorado, de amante, amor por empatia e

muitas outras formas. E uma coisa muito comum é esse sentimento ter a capacidade de mudar

de categoria de uma hora para outra. Logo se torna impossível qualificar, rotular e calcular o

tamanho e a forma dessa ligação chamada amor.

Eu posso não saber o que o amor significa, mas eu sei exatamente qual é a influência dele na

minha vida. Bem, eu posso afirmar que é uma das melhores. Amar é olhar para uma pessoa,

seja ela quem for, sentir borboletas não só no estomago, mas no corpo inteiro. É como se o

universo me permitisse fazer tudo naquele momento e como se nada mais existisse fora dali.

Amar é sentir a mesma coisa sempre, porém como se fosse a primeira vez. Para mim o amor é

isso. É ser tudo e nada ao mesmo tempo.

Escrito por Maria Luiza Zortea

O Estudo sobre o Amor!



Posts Relacionados





Nenhum comentário em “O amor pra mim”


Comentar