Inspiração: Flávia Desgranges van der Linden
quarta-feira 29 de julho de 2015 às 03:32 | Arquivado em: Fashion, Lookbook

Flávia Desgranges van der Linden é uma brasileira super estilosa que está conquistando o mundo inteiro com suas roupas maravilhosas.  Fundadora do blog  FashionCoolture em 2010. Amante de fotografia e moda, vencedora de vários statos sobre moda.

FashionCoolture - 15.07.2015 look du jour Velvet pleated skirt rocker outfit (1)

Ela possui um estilo certinho e despojado ao mesmo tempo. Sem exagero.

FashionCoolture - 23.07.2015 look du jour Displicent 70's printed dress (2)

FashionCoolture - 25.06.2015 look du jour all black outfit Amaro (2)

Mistura estampas sem deixar o look muito extravagante.

Flávia Desgranges van der Linden - Slywear Dress - Tea for Two

Flávia Desgranges van der Linden - Chicwish Skirt - Autumn Shades

Se você também curtiu seus looks, não deixem de olhar o seu trabalho.

Blog

Lookbook

Instagram

Facebook

Até mais,

Belli Burton

Comentários
Tags: ,




What Watch: L’écume des jours
sexta-feira 24 de julho de 2015 às 01:31 | Arquivado em: Cultura, Filme, What Watch

Sem título

Com esse meu sumiço venho hoje apresentar-lhes a nova categoria do Dear Belli, What Watch onde falarei sobre filmes que assisti e que recomendo. Para começar, o filme L’écume des jours ou A espuma dos dias, é francês, lançado em 2013 e dirigido por Michel Gondry.  Uma estória de amor diferente das que vemos por aí, onde um jovem nascido de família rica e que nunca trabalhara antes decide que precisa de um amor. Tudo bem, até agora nada é estranho. É a partir daí que começa a parecer cenas não comuns como um piano que quando tocado, suas notas produzem coquetéis,  comidas se mexem, e a campainha parece uma barata subindo e descendo a parede.

Um filme que nos prende a atenção por conter cenas como um todo, bem ficcionais, sem falar da ótima trilha sonora. Não é um comum para agradar tantas pessoas, não busca embelezar com objetos famosos ou parecer normal, sua originalidade é que cativa seu publico, que explora o conteúdo cinzento apesar de seu início colorido, com diversas paisagens em diferentes ângulos.

Colin (Romain Duris) conhece Chloé (Audrey Tautou), uma mulher encantadora na festa do cachorro de sua amiga. Estabanado não consegue se sair muito bem em sua primeira tentativa de conversa com Chloé, mas com ajuda tenta mais uma vez e percebe o quão boa é aquela sensação. Decide se casar mas não sabe como pedi-la e nem se ela aceitaria. Então se casam com algumas dificuldades no caminho. Em sua lua de mel inesperadamente Chloé engole uma flor de lótus que cresce em seu interior a trazendo uma doença rara. Por sua vez Colin permite-se a procurar um emprego, pois o tratamento de sua esposa é bastante caro e estava o levando a falência.

O filme também mostra um pouco do trabalho do escritor Boris Vian, já que a película é inspirada em uma de suas obras. Esse está na minha lista de filmes recomendados e espero que procurem mais sobre, pois além de seu cenário fantástico possuem mensagens subjetivas em seu interior que promovem uma reflexão sobre vários assuntos.

 

Bon voyage,
                                                   Belli Burton

 

Comentários
Tags: , ,




Hidden Thoughts: Free to Fly
sábado 27 de junho de 2015 às 15:46 | Arquivado em: Hidden Thoughts

.

Quando as coisas estão fora do controle, a única palavra que vem a minha mente é GRITE. Mas não é tão simples assim. Nem tudo o que acontece em nossas vidas podemos achar que é um problema, certo? Mas também não podemos pensar que tudo o que aconteceu foi em vão e que devemos seguir em frente. Temos alguns motivos para ficar tristes. Sim tristes. Chorar. Quando choramos é como estivéssemos nos aliviando por dentro de uma maneira que não conseguiríamos explicar para outras pessoas. As vezes nós mesmos somos nosso ponto de encontro, nosso equilíbrio. Quem somos de verdade ninguém poderá dizer.

Seja livre. Tenho ouvido isso muito ultimamente. Mas o quão livres podemos ser? Conhecer o mundo aos poucos, se soltar da timidez, respirar um ar puro. É uma expressão meio vaga, porque por mais que desejemos ser livres ficamos tanto tempo trancafiados dentro de nós mesmos, que não sabemos por onde começar. Então vem a dúvida: Eu devo tentar recomeçar ou ficar na mesmice de sempre e saber que tudo vai passar por um tempo e depois voltar?

São tantas perguntas as quais nos fazemos, que desistimos na primeira tentativa, pois não conseguimos tomar decisões.  Uma dessas perguntas é: O que exatamente eu estou fazendo aqui? Então agora eu respondo para todos vocês. Eu não sei, mas quero descobrir. 

Então eu os deixo um desafio. Pegue a música que o faz questionar a vida todas as vezes em que escuta. Suba em um lugar alto, que não seja perigoso, claro, permaneça em pé. Abra os braços. GRITE. Grite bem alto, como se quisesse que todos o escutassem. Tire de dentro de si todo aquele peso que vem acumulando há tempos. Se precisar chorar, chore, não tenha medo, nem vergonha, apenas o faça.

Onde eu quero chegar é permita-se a conhecer quem realmente é.

Free Bird

If I leave here tomorrow
Would you still remember me?
For I must be travelling on, now
‘Cause there’s too many places I’ve got to see
But if I stayed here with you, girl
Things just couldn’t be the same

‘Cause I’m as free as a bird now
And this bird you cannot change

And the bird you cannot change
And this bird you cannot change
Lord knows, I can’t change

Bye, bye, baby, it’s been a sweet love, yeah, yeah
Though this feeling I can’t change
But, please, don’t take it so badly
‘Cause Lord knows I’m to blame
But if I stayed here with you, girl
Things just couldn’t be the same

‘Cause I’m as free as a bird now
And this bird you’ll never change

And the bird you cannot change
And this bird you cannot change
Lord knows, I can’t change
Lord, help me, I can’t change

Lord, I can’t change
Won’t you fly high, free bird, yeah

Libertà

Belli Burton

2 comentários
Tags:




Hidden Thoughts: Things you Think
terça-feira 16 de junho de 2015 às 23:01 | Arquivado em: Hidden Thoughts

Hard times

O tempo em que passamos remoendo o passado, as vezes pode nos prejudicar. É claro que não podemos deixar nossas lembranças de lado, mas já parou alguma vez e pensou nas milhares de oportunidades que poderia estar vivendo mas deixou de faze-las por pensar demais? Eu me pergunto isso todos os dias.

O método que uso para a vida é: viva cada dia em seu tempo. Um passo de cada vez. Chega dessa de ficar pensando de mais no passado, a própria palavra já diz que passou. Não pense tanto no futuro, pois não saberás o que nele pode acontecer. Preste atenção no presente, esse sim vale a pena.

Cada um de nós temos um jeito de pensar, de agir, mas no fundo somos todos iguais. Não existe ninguém melhor que ninguém ou com os mesmos problemas. O que existe são realidades diferentes, vivências. Não digo para não pensar, isso faz parte, eu digo para que aproveite cada momento sem pensar nas consequências. É claro que não é para sair por ai fazendo merda. Apenas encare a vida com naturalidade. Não minta para você mesmo. A sua pior barreira, acredite, é você.
Aceite-se de uma vez por todas e tente não ligar para o que vem o incomodando. Esteja livre para ter sua opinião e compartilhar experiências.
True 💎
Belli Burton
2 comentários
Tags:




Outlander, A viajante do tempo
terça-feira 26 de maio de 2015 às 23:55 | Arquivado em: Cultura, Livros, Seriado

(30) Tumblr

O que faria se voltasse no tempo? Tentaria voltar para sua época? Talvez sobreviver em algum lugar totalmente diferente?

Fim da Segunda Guerra Mundial, Claire uma enfermeira que servia ao exército inglês, volta para os braços do marido depois de anos separados por sangue e morte. Seu marido Frank historiador e obcecado por sua árvore genealógica aproveita seu tempo para explorar os segredos mais misteriosos de sua família.

Uma segunda lua de mel começa em Inverness, Escócia. Mas o verdadeiro destino dessa viagem talvez não seja o amor e sim a perseguição do ser, do passado. Ou quem sabe o futuro ou o presente. Confissões, desconfiança, falta de interesse é o que rodeia uma viajem inesperada. Medo.

O importante é viver não importa o que lhe aconteça. Uma simples ida as ilhas escocesas em 1946 talvez seja mais divertido quando se atravessa no tempo e depois de um susto ou dois, tiros e clãs, acordar em 1743.

Surpreendente não? Muitas coisas mudarão no mundo dessas pessoas. Quem sabe ver um fantasma não seja tão ruim quando ele realmente aparecer para você em carne e osso.

Seria capaz de ter um novo amor? Talvez buscar seu verdadeiro caminho. Omitir para se salvar.

 

Um mistério está em sua frente. Encare ou deixe. Intrigas, brigas, morte, bruxas, dúvidas, mentiras. Eu os convido a conhecer o confuso mundo de Claire a viajante do tempo.

Toparias essa aventura? Em nome do Clã MacKenzie, Fàilte.

Je suis prêt.
 

                                     Belli Burton

 

1 comentário
Tags: ,




Continue no caminho
sexta-feira 22 de maio de 2015 às 00:05 | Arquivado em: Sem categoria

(20) Tumblr

São poucas as belezas em que realmente conseguimos enxergar, mas são muitas as opções de evita-las.
Assim digo que o mais belo que a vida nos proporciona é o amor da pessoa que menos esperamos.

É com esse pequeno texto que inauguro a nova categoria de postes no Dear Belli. Será uma experiência nova para mim e para vocês. Irei postar contos, poemas, textos e muito mais. Espero que curtam essa nova vibe do blog. Até mais,
Belli Burton

1 comentário




Temer o futuro?
quarta-feira 13 de maio de 2015 às 23:23 | Arquivado em: Sem categoria

Untitled

Quando somos novos queremos virar adultos mas quando nos tornamos adultos o nosso maior desejo é voltarmos a ser criança. Digo isso pelo simples fato de que não importa o quanto demore, precisamos crescer e seguir nosso caminho.

Porque escolher a nossa vocação é bem mais difícil do que imaginamos? Talvez porque estamos em constante mudança de opiniões e comportamento. Eu por exemplo já quis ser tudo e, sempre temava com as pessoas quando elas me falavam que eu sempre estaria mudando minha opinião. Olha só quem estava certa: Elas. A pessoas.

O importante é estar bem consigo mesmo, escutar pessoas que entendem, pesquisar, criar, estudar, para enfim ter certeza de que está tomando a decisão certa.

Não tenha medo de errar. Não tenha medo de repetir, de lutar. Se alguma vez não conseguir, tente novamente.

Significado de Tentar

v.t. Procurar conseguir; experimentar ter êxito; arriscar: veio para tentar fortuna.
Mostrar intenção de, pretender: tentou, em vão, regenerar-se.
Empregar, usar de: tentei todos os meios para convencê-lo.
Exercer tentação sobre: aquela mulher o tentava.

O meu conselho é não tenha medo do que irá acontecer num futuro próximo, arrisque, enfrente, dê o seu melhor. Eu aprendi isso com pessoas especiais a minha volta que querem o meu sucesso. E acredite, também quero o seu melhor.

Belli Burton

1 comentário
Tags:




Psychedelic Boho – lookbook
segunda-feira 13 de abril de 2015 às 00:53 | Arquivado em: Lookbook

Olá pessoal, como vão vocês? Sim, eu estou bem sumida, mas voltarei a postar com frequência – assim eu espero.  Vou trazer bastante novidades de agora em diante mediante o meu enorme projeto para o blog!

Um deles é o look do dia em que vocês também podem acompanhar pelo meu Lookbook.

Coloquem essa música para tocar:

Eu escolhi fazer um visual bem Boho Chic misturada nessas flores.  Bohemian Chic,  se refere ao look boêmio contemporâneo. Possui  referências étnicas, hippie, orientais e punk, misturadas com estilos romântico, country e vintage. Coloquei esse nome Psychedelic Boho por ter escolhido um efeito meio psicodélico e que eu adoro para as fotos.

Processed with VSCOcam with p5 preset

 

Processed with VSCOcam with p5 preset

Processed with VSCOcam with p5 preset

Processed with VSCOcam with p5 preset

Processed with VSCOcam with p5 preset

Processed with VSCOcam with p5 preset

Processed with VSCOcam with p5 preset

Até a próxima,

Belli Burton

1 comentário
Tags:




TAG Isso ou Aquilo
domingo 29 de março de 2015 às 22:00 | Arquivado em: TAG

♡

Olá, hoje eu vou responder a Tag isso ou aquilo que eu vi no Blog  Santa Feminice

Maquiagem
1. Bronzer ou blush?
Blush
2. Máscara ou delineador?
Essa é bem difícil, mas como eu geralmente passo rímel, eu escolho ele
3. Corretivo ou base?
Base, eu não tenho muita coisa para corrigir
4. Sombras coloridas ou sombras neutras?
Sombras neutras, eu sou daquelas garotas bem discretas
5. Compactas ou sombras soltas?
Eu prefiro compactas, mas dependendo da maquiagem soltas, mas vale ressaltar que sou bem estabanada (risos)
6. Pincel ou esponjinhas?
Pincel, tenho que confessar que não sei usar esponjas
Unhas
1. Esmates : Impala, Risqué ou Colorama?
Pode ser todos? Sério, não tenho preferência
2. Compridas ou curtas?
Eu prefiro compridas, mas as vezes canso e corto bem curtas
3. Claros ou escuros?
Escuro com certeza, eu amo cores escuras e neutras, sem falar que fortalecem as unhas
4. Com ou sem florzinha?
Sem, não sou muito de decorações de florzinhas, prefiro algo mais original
Corpo
1.Perfume ou body splash?
Perfume
2.Manteiga ou hidratante?
Hidratante
3. Sabonete em barra ou líquido?
Em barra
Cabelos
1. Enrolados ou lisos?
Eu geralmente uso liso porque meu cabelo escorre os cachos, mas quando eu consigo os uso enrolados
2. Rabo de cavalo ou coque?
Os dois, mas uso mais coque por causa do calor
3. Spray ou gel?
Spray, dá uma impressão de cabelos secos
4. Curto ou comprido?
Comprido, eu sou apaixonada por cabelos longos, pois existe uma infinidade de penteados que ficam lindos
5. Claro ou escuro?
Escuros, nada contra os claros
Perguntinhas Aleatórias
1. Chuva ou sol?
Chuva, é ótimo ficar em casa assistindo um filme enrolada nas cobertas
2. Verão ou inverno?
Inverno, amo frio <3
3. Primavera ou outono?
Não posso escolher, amo os dois
4. Chocolate ou baunilha?
Baunilha
Bom essas foram as minhas respostas e desafio a Lubs do Blog Carpe Diem a responder.  Até a próxima,
Belli Burton

 

1 comentário
Tags:




Exposição Milton Machado – Cabeça
domingo 22 de março de 2015 às 16:13 | Arquivado em: Cultura, Museu

11084853_1377933492530833_2015231485_n

Sexta-feira é  dia de descansar e sair. Então as vezes eu aproveito para ir ao Museu com a minha amiga Thaís e fazer o Circuito Cultural Praça da Liberdade. Dessa vez no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) apresenta a exposição de arte contemporânea  brasileira de Milton Machado ao longo dos seus quarenta e cinco anos de carreira artística. Com crítica a arte, ele retrata suas obras em várias perspectivas e trabalha cada detalhe. Ele também desafia o espectador a ter sua própria compreensão.

Algumas obras:

Heavy Metal, 1986

Modelo, madeira de balsa |

IMG_20150320_160945754[1]

 

 

Monstro da Lagoa ( Aparições Ocasionais), 1976

Fotomontagens, colagem sobre papel

IMG_20150320_161950019[1]

 

Oslo, 2011

Nanquim sobre papel

IMG_20150320_162051674[1]

 

Fascismo Gráfico, 2987

Nanquim sobre papel

IMG_20150320_162249445[1]

 

 

Perfil do Excêntrico, 1973

Nanquim, aquarela, lápis de cor, colagem sobre papel

 

IMG_20150320_162445317[1]

 

We Leave the Castle, 1974

Nanquim e aquarela sobre papel

IMG_20150320_162552057[1]

 

Prato de Resistência, 1976

Nanquim, lápis de cor, aquarela e colagem sobre papel

IMG_20150320_163256944[1]

 

O Cheiro da Corte, 1976

Técnica mista sobre papel

IMG_20150320_163320970_HDR[1]

 

Mão Pesada, 1976

Nanquim, aquarela e lápis de cor sobre o papel

IMG_20150320_163359316[1]

 

 

Essas são algumas obras. A exposição está ótima e vai até o dia 30 de março de 2015, não percam tempo, vale muito a pena.

IMG_20150320_164854204[1]

Até mais,

Belli Burton

Comentários
Tags: , ,