Como ter cabelo colorido (repostando)
segunda-feira 2 de março de 2015 às 23:25 | Arquivado em: Cabelo

Imagem

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje eu estou aqui para ensinar a vocês e dar algumas dicas de como ter o cabelo colorido, por motivos de dúvidas frequentes que eu recebo. Não tem muito mistério. Primeira coisa que precisa saber, pintar o cabelo com cor fantasia: A tinta NÃO estraga seu cabelo, o que prejudica é a DESCOLORAÇÃO. Mas nada do que hidratação e cuidados com o cabelo não resolva.

1° Passo – Descoloração: Se você tem os cabelos escuros, é necessário que descolora, pois a tinta não possui amônia, é um tonalizante, então não adianta passar no cabelo escuro que não vai pegar.

Dica n° 1 :  Use água oxigenada volume 30, para que não prejudique tanto o seu cabelo.

Dica n° 2 : Para cores  laranja e vermelho, uma descoloração, tom laranja amarelado.

Para cores verdes, rosas e amarelos, duas descolorações, tom amarelo.

Para cores roxas, azuis, brancas e pasteis, três descolorações, tom amarelo suave ou claríssimo.

2° Passo – Escolha da(s) cor(es): Escolha cores que goste, não precisa usar só uma cor, abuse da criatividade!

Dica n° 1 : Por favor não ligue para seu tom de pele. Todos(as) ficam bonitos(as) com cabelos coloridos!

Dica n° 2 : Para tons pastéis adicione creme BRANCO até achar o tom escolhido por você. Sim, creme branco para não influenciar na cor escolhida. Espere em torno de 45 minutos a 1 hora para enxaguar.

Dica n° 3 : Lave o cabelo com shampoo para cabelos coloridos para que o efeito dure mais tempo. NÃO esfregue, por favor. Faça como se fosse massagem.

Dica n° 4 : Faça hidratação pelo menos 1 vez por semana ou de 15 em 15 dias. Não adianta fazer hidratação uma vez na vida e outra na morte, que seu cabelo não vai ficar hidratado.

Dica n° 5 : Seque, modele e arrume bem bonito.

3° Passo : Dive! Passe na rua tão confiante em você mesmo que todas as pessoas irão te admirar.

Dica n° 1 : Não deixe o preconceito das pessoas destruir sua felicidade. Porque se você escolheu ser assim ninguém tem o direito de te botar para baixo.

ImagemImagem

Uma foto minha com cabelo Atomic Turquoise – Manic Panic

Imagem

E lembre-se: Ser diferente não é um defeito e sim uma qualidade. Espero que tenham gostado do post. Qualquer dúvida comente ou me pergunte no Facebook.

Comentários
Tags: ,




Inspiração Lookbook
quinta-feira 26 de fevereiro de 2015 às 16:42 | Arquivado em: Lookbook

Eu defino meu estilo através do meu humor, sempre procuro inovar e ser quem realmente sou. Não gosto muito de ficar seguindo a moda, sou mais construir a minha, mas não deixo de olhar alguns elementos essenciais.

Essas são algumas das minhas inspirações:

Anita Kurkach – 23 anos, Europa

Silver Soul– 24 anos, Los Angeles, USA

Mickylene Delgado – 24 anos, Califórnia, USA

Mickylene Delgado - Celebrityfashionlookbook Bandage Tights, Oasap Faux Leather Jacket, T.U.K. Metallic Creepers, Style Moi Faux Leather Top Halter - DREAM FORTRESS

Anila – Alemanha

Inspire-se,

Belli Burton

Comentários
Tags: ,




Playlist: Aquele dia de ansiedade
quinta-feira às 00:16 | Arquivado em: Playlist

large

Eu sou do tipo de pessoa que só de receber várias notícias que me atraem, já fico ansiosa. Recentemente eu recebi um convite indispensável – Obrigado Léo- Ou seja, estou super ansiosa. Sou daquelas que não consegue dormir sem ouvir uma boa música para acalmar os ânimos. Eu adoro Rock ou qualquer derivado, quanto mais pesado melhor. Hoje eu selecionei alguns que ma ajudam a relaxar. Isso parece estranho? Sim, preciso escutar música agitada para acalmar, isso não é nenhum pouco normal. Mas é que eu nasci em uma família bem barulhenta, então tirem suas próprias conclusões. Em breve terá novidade e espero que fiquem tão feliz quanto eu.

Agora chega de falar e bota a música para tocar!

Korn –  Coming Undone

Seether – Remedy

Shinedown – Enemies

Alice In Chains –  Stone

E claro não podia faltar uma das minhas músicas preferidas

Black Sabbath – War Pigs

Talvez eu consiga dormir,

Belli Burton

 

Comentários
Tags: ,




Por uma vida mais organizada
terça-feira 24 de fevereiro de 2015 às 22:13 | Arquivado em: Organização

QMwv86ljzI

 

 

Eu sou uma pessoa que gosta de horários, mas nunca os cumpro – quase nunca-, uma das coisas que mais me deixa perdida em um dia é exatamente isso. Como virginiana, gosto bastante de organização. É claro que eu também tenho bagunça, mas é a minha bagunça, a dos outros eu não gosto – risos-. Então se você é como eu e planeja o seu dia inteiro e acaba não fazendo nada, bem vindo ao clube!

Tirei um tempo de tudo que estava fazendo para criar uma tabela de organização, com horários e o que eu pretendo fazer no dia a dia. Vou deixar o arquivo para vocês imprimirem, aqui em baixo em PDF. Vocês podem criar com ele, montar a sua escala de horários do seu jeito, é só utilizar a criatividade e usufruir bem o seu dia. Como eu durmo cedo, eu fiz a minha tabela até as 22 horas, mas vocês pode estender como quiserem.

Tabela de Horários

Esse post eu fiz especialmente para quem quer assim como eu render o seu dia, ou seja, fazer tudo o que precisa e ainda sobrar um tempo para você.

Coloque essa música para tocar enquanto planeja sua rotina – essa música é aleatória e não tem a ver com o tema.

Divirta-se,

Belli Burton

1 comentário
Tags: ,




As Vantagens de Ser Invisível
terça-feira às 01:08 | Arquivado em: Livros

xCKd752DYs

 

As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower), certamente é um dos meus livros preferidos. Muita gente diz não gostar do mesmo, mas ele foi muito importante para mim quando o li. Eu estava no primeiro ano do ensino médio, numa nova escola, cercada por gente que eu nunca vira antes. Chegava em casa todos os dias e pensava o quanto eu queria que minha vida mudasse, que as pessoas me aceitassem. Me questionava o porque tudo de ruim acontecia comigo, o porque eu não conseguia me adaptar. Assim como Charlie eu havia entrado em uma nova vida. Não é só um dos meus livros favoritos por ter uma história legal, existem ligações que o colocaram nesse cargo, como eu estar passando por vários processos como ele, ter a mesma idade que ele, no mesmo ano do colégio, tudo se encaixava.  Eu sempre tive a mania de pensar que tudo que acontecia de ruim a minha volta era minha culpa, mas nem sempre fora isso que aconteceu. Poxa, nós somos seres humanos, erramos! Mais um motivo deu achá-lo interessante, é que ele é escrito em forma de carta. Sim é um pouco complexo para entender, mas as coisas não teriam muita graça se fossem fáceis. Sobre o filme, não posso negar que adoro os atores principais, mas a adaptação não foi lá tão boa quanto o esperado. Assistir ao filme antes de ler o livro, não faça isso!, porque não haverá muito entendimento e vai passar a odiar o filme sem mesmo ter tirado proveito do conteúdo. Leia o livro e depois assista o filme. Minha conclusão é que depois de chorar muito quando terminei de ler o livro – minha mãe achou que eu estava passando mal de tanto chorar, e sim sou sensível- comecei a ver a vida de uma forma diferente, aproveitar os momentos , saber o lado bom da vida.

Eu sei que tem pessoas que dizem que essas coisas não acontecem, e que isso serão apenas histórias um dia. Mas agora nós estamos vivos. E nesse momento, eu juro. Nós somos infinitos.

As Vantagens de ser Invisível

Belli Burton

Comentários
Tags: ,




O início de uma nova era
domingo 22 de fevereiro de 2015 às 21:32 | Arquivado em: Sobre a autora

Processed with VSCOcam with p5 preset

 

Olá, eu sou a Belli Burton e espero muito que gostem do blog. Aqui eu vou falar sobre assuntos variados que vai da diversão até os estudos! Não sou nova com blog, mas sempre que eu pensava em escrever um post, tudo ia para o espaço e eu não tinha um conteúdo bom, mas isso vai mudar. Depois de muita luta, eu consegui deixar ele com a minha cara, graças a querida Bela Deville, que me ajudou muito e me aturou nesses últimos meses. Não posso deixar de agradecer também as minhas amigas e minha família que tem me apoiado bastante. Em breve terá novidades e  vou fazer de tudo para agradá-los.

Para começar com chave de ouro, vou falar sobre o cineasta norte-americano Timothy Walter Burton ou como preferirem, o brilhante Tim Burton. Vocês devem estar se perguntado sobre a semelhança com o nome do blog, mas esse será um assunto a ser tratado mais para frente onde explicarei tudo para vocês.

Vincent (1982), foi o primeiro curta-metragem do cineasta Tim Burton. Foi feito em forma de poema e narrado por Vincent Price. Seu estilo preto e branco, retrata o estilo obscuro e peculiar do diretor. Influenciado por Vincent Price, um realizador de filmes de terror, ele retrata a infância do mesmo. O curta fala sobre  Vincent Malloy, um garoto de 7 anos. Conturbado com sua vida, ele possui atitudes inesperadas para um garoto comum de sua idade.

Bem vindos ao meu mundo! Até o próximo post, com amor

Belli Burton

4 comentários
Tags: